Exportação de soja do país em abril ganha ritmo, aponta Secex

FMI diz que trabalha para fortalecer papel do comércio na economia
2 de maio de 2018
Compras recorrentes: confira algumas dicas para incentivá-las
4 de maio de 2018

Em média, 495,7 mil toneladas do grão foram exportados por dia nas três primeiras semanas do mês, 53 mil a mais do que o registrado na primeira quinzena.

exportação de soja do Brasil em abril até a terceira semana atingiu 495,7 mil toneladas ao dia em média, ante 442,7 mil toneladas nas duas primeiras semanas do mês, de acordo com dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) divulgados nesta segunda-feira.

Apesar do aumento na média diária, os embarques ainda estão abaixo das 579,6 mil toneladas ao dia registradas em abril do ano passado.

À medida que mais soja da safra recorde chega aos portos, os embarques no acumulado dos 15 primeiros dias úteis de abril estão mais acelerados frente ao total visto em março (419,7 mil toneladas).

Nas três primeiras semanas do mês, o maior exportador global de soja embarcou, segundo a Secex, 7,4 milhões de toneladas, ante 8,81 milhões em todo o mês de março e 10,43 milhões em abril de 2017.

Em abril do ano passado, os embarques brasileiros de soja foram volumosos, perdendo apenas para o recorde histórico de maio do ano passado de 10,96 milhões de toneladas.

As exportações brasileiras no ano devem atingir mais de 70 milhões de toneladas, segundo consultorias, diante de uma safra recorde de quase 120 milhões de toneladas, de acordo com analistas.

Além da safra recorde, as exportações brasileiras têm sido beneficiadas por uma disputa comercial entre Estados Unidos e China, maior importador global da oleaginosa.

O Brasil ainda deve ocupar espaço deixado pela Argentina, cuja colheita sofreu uma severa redução devido à seca prolongada.

Ramon Cal
Ramon Cal
Estudante de direito, pela Universidade Candido Mendes – Rio de Janeiro – estagiário do Escritório Cardoso & advogados associados, focado no curso e responsável por grandes notícias publicadas no site.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *